Enéas Marques - Sudoeste do Paraná     
 

Enéas Marques   |  Transformação   |   quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Cooperativismo transformou a agricultura familiar

"É bom de ir para o interior porque a gente vê a diferença, o associado está melhor, o desenvolvimento da agricultura familiar nos últimos anos tem sido muito grande, os produtores estão mais organizados e mais cautelosos com o crédito", afirma, com orgulho, o agricultor Ilário Kaupka, presidente da cooperativa de crédito Cresol de Enéas Marques. Nos últimos anos, a agricultura familiar, principalmente, deu um salto de desenvolvimento no município e, segundo Ilário, a participação do cooperativismo foi fundamental.

Sobre o incentivo e programas de habitação rural, o presidente lembra-se dos primeiros passos tímidos há alguns anos e da evolução rápida. "Começamos com algumas casas, depois em parceira com o sindicato fizemos outras tantas e a mudança nos últimos cinco ou seis anos foi extraordinária, uma evolução de mais de 500%. Casas novas, estrebarias, tratores novos, plantel de animais muito bons, carro novo, pastagens bem assessoradas e sistemas de produção bem trabalhados, tudo isso faz parte do dia a dia das propriedades de nosso município", comemora.

O presidente também orgulha-se em relembrar o desenvolvimento que a cooperativa teve desde o início. "Há oito anos, quando a cooperativa iniciou as atividades, nós sonhávamos em um dia alcançar a marca de 500 associados. Neste ano, o quadro social já ultrapassou 900 associados, totalizando mais de R$ 14 milhões em ativos e metas superadas ano após ano. Estamos crescendo muito acima do que planejamos", conta.


- Exemplos inesquecíveis

Ilário nunca se esquece de um caso específico que aconteceu com um associado. "A Cresol acompanhou essa história em 2009, quando oferecemos uma casa para uma família associada. A renda deles, do leite, era uns R$ 100 por mês. Da casa, subsidiada, eles teriam que pagar apenas o financiamento de R$ 5 mil em parcelas de R$ 72 mensais.

A família se preocupou que não conseguiriam pagar. Nós incentivamos, orientamos eles e hoje a família tira R$ 12 mil de leite por mês, tem uma casa nova, estrebaria nova, trator novo, no mesmo terreno de 10 hectares que tinham naquela época. Com aquele incentivo da casa, a família voltou aos eixos, precisou esse empurrãozinho. E como esta, mais de 300 famílias se desenvolveram dessa forma", conta.

Para o presidente, a diferença transformadora teve o incentivo da Cresol, "que veio atender esse público muitas vezes não atendido por outras instituições financeiras. É preciso conhecer a realidade da família, estar lado a lado, sugerir, colaborar para que o associado e a cooperativa cresçam juntos". "Evoluímos, saímos de R$ 200 mil de capital para R$ 2,3 milhões hoje, mas não conseguimos acompanhar o mesmo ritmo de muitas famílias, que se desenvolveram muito mais", acrescenta.

Fonte: Jornal de Beltrão

 



Veja também

29/02/2016 
Prefeitura de Enéas Marques investe em sinalização e obras na avenida
02/02/2016 
II Festival Municipal da Canção é encerrado em Enéas Marques
29/12/2015 
Enéas Marques investe em três novos veículos para o Departamento de Saúde
18/12/2015 
Comemoração marcou o encerramento das atividades do PAIF
15/12/2015 
Escolas municipais recebem visita do Papai Noel
 

 

 
Publicidade
Publicidade
Menu Sudoeste Online
»  Últimas Notícias
»  Galerias de Fotos
»  Agenda de Eventos
»  Guia de Empresas e Negócios
»  Guia de Imóveis
»  Guia de Empregos
 
»  Prefeitura Municipal
»  Câmara de Vereadores
»  Associação Comercial e Empresarial
 
»  Contato
»  Anuncie
Sobre Enéas Marques
»  Aspectos Gerais
»  História
»  Indicadores
»  Símbolos e Hino
»  Fotos do Município


Central de Atendimento

(46) 3536-5397


comercial@sudoesteonline.com.br