Santa Izabel do Oeste - Sudoeste do Paraná     
 

Santa Izabel do Oeste   |  Economia   |   terça-feira, 21 de outubro de 2014

Reeleito, Richa promove novo ´aperto nos cintos`

Na primeira medida de impacto tomada desde que foi reeleito no primeiro turno da eleição estadual, o governador Beto Richa (PSDB) determinou ontem um corte de 30% nas despesas de custeio do Estado entre os meses de outubro de 2014 e janeiro de 2015. O pacote inclui despesas com energia elétrica, água, telefonia, reprografia, correios, vigilância, limpeza e conservação, diárias, passagens terrestres e aéreas, combustível e manutenção de veículos e compra de materiais de consumo e permanente. E atingem todos os órgãos da administração direta e indireta cujos gastos sejam custeados pelo Tesouro Estadual.

Uma resolução conjunta foi assinada pelos secretários de Estado da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, e da Administração, Dinorah Botto Portugal Nogara, detalhando a abrangência dos cortes. “A medida é uma continuidade do processo de enxugamento de gastos públicos que já vínhamos adotando”, afirmou Sebastiani. Ele destaca que a decisão não se aplica às áreas de saúde e segurança e a contratos de compra de alimentação. “A redução de despesas de caráter administrativo não prejudicará em momento algum o atendimento à população”, acrescenta a secretária Dinorah Botto Portugal Nogara.

Pela resolução, fica suspensa a suplementação e remanejamento das dotações orçamentárias para pagamento dos serviços que terão corte nos gastos. Também fica restrito a 30% o saldo remanescente referente a despesas com diárias e passagens áreas e terrestres. A frota de veículos dos órgãos e unidades da administração direta deverá ser reduzida em 30%.

A medida suspende a compra de materiais de consumo e permanente e novas aquisições ou contratações que não sejam de caráter emergencial ou indispensável para manter os serviços públicos essenciais. As exceções, devidamente justificadas, serão analisadas pelo Conselho de Gestão Administrativa e Fiscal do Estado.

A resolução estabelece, ainda, que as despesas ficarão restritas à liberação orçamentária do último trimestre do exercício e a emissão de empenhos não poderá ultrapassar os limites estabelecidos. Em relação a empenhos, serão reduzidos os gastos e a movimentação de crédito orçamentário, como forma de manter o equilíbrio entre receita e despesa.

O secretário da Fazenda explicou que todas as determinações já estavam sendo trabalhadas há algum tempo. “Ela é necessária para o Estado equacionar o ajuste fiscal e dar maior efetividade às diretrizes para gestão, controle e qualificação dos gastos públicos”, afirmou Sebastiani.

Também ficam fora do “aperto” os contratos referentes à alimentação, e envolvem despesas com merenda escolar, presídios e o atendimento aos adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. O corte será implementado pelos secretários estaduais e dirigentes dos órgãos e entidades da administração direta e indireta do Estado, podendo ser responsabilizados os ordenadores de despesas superiores aos limites estabelecidos pela resolução conjunta.

Memória

Não é a primeira vez que Richa promove um corte dessa natureza. Em outubro de 2012, ele já havia determinado uma redução de 20% dos gastos com custeio. Na época, a intenção era garantir uma economia de R$ 180 milhões. A justificativa era de que teria havido queda nos repasses federais ao Estado, obrigando o governo a fazer a economia.

No final do ano passado, o governo foi obrigado a fazer novo ajuste, depois de acumular uma dívida de R$ 1,1 bilhão com fornecedores. Os pagamentos foram escalonados de acordo com a disponibilidade de caixa do Estado. Em 16 de setembro último, em audiência de prestação de contas na Assembleia Legislativa, o secretário da Fazenda, informou que a dívida teria sido reduzida para R$ 347 milhões, e deveria ser quitada até o final do ano.

Fonte: Bem Paraná

 



Veja também

04/09/2015 
Izabelenses recebem oficialmente sistema de segurança
02/09/2015 
Prefeituras do Paraná vão fechar no dia 21, em protesto contra a crise
04/11/2014 
Consórcio Intermunicipal Vale do Capanema em Santa Izabel do Oeste
09/10/2014 
Safra de grãos para o período 2014-2015 deverá ficar entre 194 milhões e 201,6 milhões de toneladas
09/10/2014 
Campanha Outubro Rosa
 

 

 
Publicidade
Publicidade
Menu Sudoeste Online
»  Últimas Notícias
»  Galerias de Fotos
»  Agenda de Eventos
»  Guia de Empresas e Negócios
»  Guia de Imóveis
»  Guia de Empregos
 
»  Prefeitura Municipal
»  Câmara de Vereadores
»  Associação Comercial e Empresarial
 
»  Contato
»  Anuncie
Sobre Santa Izabel do Oeste
»  Aspectos Gerais
»  História
»  Indicadores
»  Símbolos e Hino
»  Fotos do Município


Central de Atendimento

(46) 3536-5397


comercial@sudoesteonline.com.br