Sulina - Sudoeste do Paraná     
 

Sulina   |  Investimento   |   quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Copel investe em novas subestações

Começou a operar domingo, 16, em Chopinzinho, a mais nova subestação de grande porte do sistema elétrico da Copel no Sudoeste do Paraná. A ligação da subestação é a etapa final da execução de um conjunto de obras, no valor global de R$ 26,8 milhões, que incluiu também a construção de uma linha de transmissão desde a cidade de Pato Branco.

A ampliação da oferta de energia, o aumento da confiabilidade do sistema elétrico regional e a modernização de circuitos urbanos e rurais beneficiam diretamente cerca de 20 mil moradias, empresas e propriedades dos municípios de Chopinzinho, Coronel Vivida, São João, Saudade do Iguaçu e Sulina. A conclusão dos serviços eleva a microrregião à condição de novo centro de carga da Copel no Sudoeste.

Implantada em um terreno de 17 mil metros² no bairro Verdi, a Subestação Chopinzinho recebeu R$ 12,5 milhões de investimentos diretos. Quase um quarto do espaço está ocupado por mata nativa, mantida como reserva de preservação permanente. A área total construída abrange 9,2 mil metros quadrados, incluindo casa de comando em alvenaria com 167 metros quadrados.
A nova planta conta com um transformador de 41 MVA (megavolt-ampere), que recebe energia na tensão de 138 mil volts para redistribuí-la em 34,5 e 13,8 mil volts. O empreendimento também contempla espaço para a instalação de um segundo transformador de força, caso haja demanda por mais energia no futuro.


Conexão com Pato Branco

O suprimento é feito por uma linha de transmissão (LT) erguida especialmente para conectar a nova unidade com a subestação da Copel em Pato Branco, a um custo final de R$ 12,3 milhões. A LT é sustentada por 112 torres metálicas e 22 postes ao longo de seus 45 km de extensão.

A adaptação da subestação pato-branquense recebeu R$ 950 mil em investimentos da companhia.
A Copel também destinou cerca de R$ 1,1 milhão às obras de ampliação e melhoria da rede de distribuição que leva energia aos consumidores finais da cidade e localidades vizinhas.

O projeto substituiu parte das redes elétricas convencionais por moderna tecnologia de cabos recobertos e protegidos, a chamada rede compacta, que reduz o número de interrupções de curta duração, principalmente aquelas provocadas pelo contato com árvores.


Nova subestação em Beltrão

O Início da construção da nova subestação da Copel, programada para o bairro Água Branca, em Francisco Beltrão, foi adiada de 2014 para 2015 e só deverá ficar pronta em 2016.

Esta será a segunda subestação da empresa para atender os municípios de Beltrão, Marmeleiro e Renascença.

Com a implantação deste novo local, a subestação existente no Jardim Floresta vai diminuir sua carga. "Vai dividir a carga (com a segunda subestação) e melhorar o atendimento a Marmeleiro e Renascença", adianta o gerente regional Rubens Gorris.

Fonte: Jornal de Beltrão

 



Veja também

04/02/2016 
Carnaval deste ano terá 50 por cento mais radares nas estradas do Paraná
04/02/2016 
Senado aprova ampliação da licença-paternidade para 20 dias
03/12/2015 
Materiais escolares vão subir; ainda dá para comprar pelo preço antigo
25/09/2015 
Tribuna de Contas multa prefeito de Sulina pela desaprovação das contas de 2013
14/08/2015 
Na Índia, polícia invade motéis e prende casais que não são casados legalmente
 

 

 
Publicidade
Publicidade
Menu Sudoeste Online
»  Últimas Notícias
»  Galerias de Fotos
»  Agenda de Eventos
»  Guia de Empresas e Negócios
»  Guia de Imóveis
»  Guia de Empregos
 
»  Prefeitura Municipal
»  Câmara de Vereadores
»  Associação Comercial e Empresarial
 
»  Contato
»  Anuncie
Sobre Sulina
»  Aspectos Gerais
»  História
»  Indicadores
»  Símbolos e Hino
»  Fotos do Município


Central de Atendimento

(46) 3536-5397


comercial@sudoesteonline.com.br