Sulina - Sudoeste do Paraná     
 

Sulina   |  Estradas   |   quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Carnaval deste ano terá 50 por cento mais radares nas estradas do Paraná

O motorista que pegar a estrada neste Carnaval deve ficar bastante atento as leis de trânsito. Isso se não quiser terminar o feriado com a carteira de habilitação suspensa. Para evitar que os motoristas pesem o pé no acelerador ou façam ultrapassagens em local proibido, descumprindo a lei, estarão em operação 50% mais de radares que os já usuais. “Isso quer dizer que, no trecho entre Foz e Curitiba, por exemplo, haverá pelo menos 18 pontos com radares”, esclarece Wilson Martines, chefe de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Paraná.

Martines justifica essa iniciativa como fato de o Carnaval ser o feriado mais violento nas estradas. “Além da questão da velocidade e ultrapassagem, o álcool associado à direção ainda é uma grande problema presente no trânsito”, diz. “Tem diminuído, mas ainda existe, infelizmente.” Um outro reforço nesta fiscalização é o sistema de monitoramento existente nas rodovias pedagiadas. As imagens captadas pelas concessionárias dão utilizada também para a fiscalização da PRF.

Ontem a PRF iniciou a preparação dos radares para o período de Carnaval. Quatro radares controladores de velocidade portáteis foram colocados em funcionamento, e forma simultânea, num trecho da BR 376 entre Curitiba (PR) e Joinville (SC).

Além do reforço na fiscalização eletrônica com o uso de radares de tripé, a PRF deve lançar a Operação Carnaval 2016 a zero hora desta sexta-feira até a meia noite da Quarta-feira de Cinzas. Ele ressaltou que serão ainda observados os uso do cinto de segurança e dispositivos de retenção de crianças.

Com esse “big brother” das estradas, a PRF espera manter a redução, ao menos, no número de mortes. Segundo os dados estatísticos da PRF, em 2014, durante o feriado do Carnaval foram registradas 26 mortes nas estradas federais do Paraná. Em 2105, foram 9 mortes. “Queremos manter essa redução ou, no mínimo, o mesmo nível registrado no ano anterior”, afirma.

Fonte: Bem Paraná

 



Veja também

04/02/2016 
Senado aprova ampliação da licença-paternidade para 20 dias
03/12/2015 
Materiais escolares vão subir; ainda dá para comprar pelo preço antigo
25/09/2015 
Tribuna de Contas multa prefeito de Sulina pela desaprovação das contas de 2013
14/08/2015 
Na Índia, polícia invade motéis e prende casais que não são casados legalmente
19/11/2014 
Copel investe em novas subestações
 

 

 
Publicidade
Publicidade
Menu Sudoeste Online
»  Últimas Notícias
»  Galerias de Fotos
»  Agenda de Eventos
»  Guia de Empresas e Negócios
»  Guia de Imóveis
»  Guia de Empregos
 
»  Prefeitura Municipal
»  Câmara de Vereadores
»  Associação Comercial e Empresarial
 
»  Contato
»  Anuncie
Sobre Sulina
»  Aspectos Gerais
»  História
»  Indicadores
»  Símbolos e Hino
»  Fotos do Município


Central de Atendimento

(46) 3536-5397


comercial@sudoesteonline.com.br