Vitorino - Sudoeste do Paraná     
 

Vitorino   |  Formação   |   terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Instituto Fatum Educacional forma 45 especialistas em contação de histórias

Para os 45 professores formados no último sábado, 12, no curso de pós-graduação em Contação de Histórias e Literatura Infantil Juvenil, a expressão "Era uma vez..." passa a ter um sentido muito mais amplo e complexo. A partir de agora, eles são especialistas na arte de contar histórias e têm a missão de difundir a arte e contagiar futuros contadores de histórias.

A solenidade de formatura não é comum nos cursos de pós-graduação, mas, segundo o professor Cleber Fabiano da Silva, diretor-pedagógico da Fatum Educacional, a quebra de protocolo é justamente para valorizar os novos especialistas com a realização de um evento simbólico. "Esta é a 16ª turma que formamos neste curso, que é ofertado pela Fatum desde 2011. E por que contação de histórias? A história é uma das coisas mais consumidas no planeta, a 4ª coisa mais consumida. Filmes de Hollywood, história que começa no Genesis e termina no Apocalipse, histórias do cotidiano, enfim, história tem perspectiva de fim, enquanto a vida não tem, por isso nos encanta", afirma.

O curso teve duração de 20 meses e foi ofertado pelo instituto Fatum Educacional, de Curitiba, em parceria com a Faculdade de Ampére (Famper) e a Secretaria Municipal de Educação de Vitorino. Ao todo, 45 alunos - no caso, professores - dos municípios de Vitorino, São Lourenço do Oeste (SC) e Marmeleiro participaram das aulas, que foram realizadas em Vitorino. As aulas foram encerradas no último final de semana, com um seminário de práticas leitoras, ministrado pela escritora e professora doutora Glória Kirinus, que foi homenageada pela turma por seus 30 anos de carreira com tantos livros já publicados na literatura infantil.

Do grupo, 25 alunos são da rede municipal de ensino de Vitorino. A iniciativa de trazer o curso para a região foi do secretário municipal de Educação, professor Dirceu Ruaro, que apresentou a ideia ao prefeito Juarez Votri (PMDB) e teve carta branca. "Nossa intenção foi capacitar melhor os professores para a área de linguagem, leitura e interpretação de textos. Por isso, o prefeito Juarez aprovou o projeto, pois é desejo dele também capacitar os professores. E a Prefeitura pagou dois terços das mensalidades para os professores da rede municipal de Vitorino", revela o secretário.

Professor Dirceu também foi docente do curso e ministrou o módulo de Metodologia da Pesquisa. Por questões de saúde, ele não pôde estar presente na formatura, mas elogiou o curso, que foi realizado pela primeira vez no Sudoeste. "O curso foi muito bom, bem proveitoso e os alunos participaram ativamente. Não é fácil se tornar um contador de história, tem que ter um pouco de vocação. E o curso veio para aprimorar e tornar isto uma ação pedagógica", disse.

Fonte: Jornal de Beltrão

 



Veja também

16/03/2016 
Cão policial localiza maconha após buscas em terreno baldio em Vitorino
04/02/2016 
Governo anuncia bandeira amarela na conta de luz em março
30/12/2015 
Salário mínimo sobe para R$ 880 em 1º de janeiro
17/12/2015 
Vitorino ganha nova ponte de concreto
04/12/2015 
Hoje tem comemoração do Natal
 

 

 
Publicidade
Publicidade
Menu Sudoeste Online
»  Últimas Notícias
»  Galerias de Fotos
»  Agenda de Eventos
»  Guia de Empresas e Negócios
»  Guia de Imóveis
»  Guia de Empregos
 
»  Prefeitura Municipal
»  Câmara de Vereadores
»  Associação Comercial e Empresarial
 
»  Contato
»  Anuncie
Sobre Vitorino
»  Aspectos Gerais
»  História
»  Indicadores
»  Símbolos e Hino
»  Fotos do Município


Central de Atendimento

(46) 3536-5397


comercial@sudoesteonline.com.br